Translate

sábado, 27 de novembro de 2010

Livre- arbítrio...



Drummond, estaria perdidamente apaixonado quando escreveu este poema...Que bom Drummond, que não sentes vergonha de dizer ao mundo, tudo o que sentes, a intensidade do que sentes...

5 comentários:

  1. Maravilhoso esse texto de Drummond,tão eloquente sobre o amor. Na verdade esse momento especial que pode acontecer é mesmo um presente divino!..
    Bj,
    Manuela

    ResponderEliminar
  2. O amor verdadeiro é este. Que nos da a liberdade.

    bjs
    Insana

    ResponderEliminar
  3. com vergonha e medo ... o amor não acontece

    ResponderEliminar
  4. Bem que poderias ser o Drummond !

    Bj*

    ResponderEliminar

alfa diz: